ANTONIO  GALLO

CASO CLÍNICO

 

1-      Paciente: Jovem senhora, 36 anos, com filho, Arquiteta bem sucedida.

2- Queixas: medo de ficar em casa em dia de trovoadas.  Saía sempre para o quintal e lá ficava até que a trovoada e/ou a chuva passassem.

3- Terapia:  regressão à infância mostrou que já na pré-infância esse sintoma acontecia.  Na regressão à vida anterior revivenciou cena de desabamento de sua casa, ainda na infância por incidência de raio durante tempestade.   A casa foi incendiada mesmo durante o temporal.

4- Recuperação: foram 4 meses de tratamento com 6 sessões de regressão e oito consultas de elaboração.  Paciente completamente recuperada hoje, não apresentando mais o sintoma, embora ainda sinta algum desconforto em momentos de tempestade.

 

 

 

 

 

 

Voltar à página principal